O Instituto e o Carisma
Desde os inícios, os Missionários da Consolata realizaram o ideal do Fundador com o primeiro anúncio do Evangelho e a promoção humana dos povos aos quais foram enviados
Graças ao Fundador e aos seus filhos missionários que imitaram a sua fé e os seus exemplos, a comunidade missionária da Consolata cresceu e adquiriu uma fisionomia própria. Hoje procuram conservar e desenvolver essa fisionomia na fidelidade ativa ao espírito do Fundador, às suas intuições evangélicas, à sua doutrina e ao exemplo da sua santidade.

Nós somos para os não-cristãos

Beato José Allamano

 

Os Missionários da Consolata possuem uma fisionomia muito característica, cultivam o espírito de família e vivem em comunidades onde todos se sentem e aceitam como irmãos, unidos no mesmo ideal.

Fazem da Eucaristia o centro de toda a sua vida apostólica, celebrando com dignidade o culto divino. Professam uma grande paixão pela Igreja na fidelidade ao seu magistério. Têm um grande apreço pelo trabalho, mesmo manual, partilhando a sorte dos pobres e tornando-se animadores da promoção humana integral.

 A finalidade exclusivamente missionária orienta a vida, a espiritualidade e as atividades apostólicas dos Missionários da Consolata.

Os Sacerdotes são chamados a ser ministros da Palavra de Deus e dos sacramentos como pastores do Povo de Deus; os Irmãos a dedicar-se ao apostolado missionário com a colaboração na pastoral e particularmente com o exercício de atividades técnicas e profissionais.

Entre tantos modos de viver a missão na Igreja, os missionários da Consolata dedicam-se à primeira evangelização, anunciando Boa Nova do Senhor aos povos que ainda não a conhecem, com preferência pelos mais pobres e abandonados.

Colaboram com as Igrejas parcialmente evangelizadas, que ainda não atingiram autonomia ou maturidade cristãs suficientes.
Fazem uma animação missionária qualificada do povo de Deus, com um trabalho preferencial entre os jovens.
Propõem e promovem a vocação missionária, como o melhor serviço que se pode prestar à Igreja, a tempo inteiro ou parcelar.