EnglishFrenchGermanItalianPortugueseSpanish

Faleceu o padre António Gaspar

Os Missionários da Consolata (IMC) anunciam o falecimento, esta terça-feira, 23 de novembro, em Fátima, do padre António Bernardino da Costa Gaspar, aos 87 anos de idade, dos quais 68 de profissão religiosa e 62 de sacerdócio.

 

CERIMÓNIAS FÚNEBRES
As cerimónias fúnebres vão ter lugar em Fátima. O corpo do padre Gaspar vai estar em CÂMARA ARDENTE partir das 18h00 desta terça-feira na capela pública do antigo Seminário da Consolata, em Fátima, até à MISSA EXEQUIAL, que vai ter lugar nesta quarta-feira, 24 de novembro, pelas 15h00, naquela mesma capela. Segue-se o cortejo fúnebre para o cemitério de Fátima, onde será sepultado. Aos sacerdotes pede-se que levem alva e estola (de cor roxa).

 

ALGUMAS NOTAS SOBRE A VIDA DO PADRE GASPAR
O padre Gaspar nasceu no Arrabal, Cardosos, Leiria, a 21 de janeiro de 1934.
Entrou para o seminário dos Missionários da Consolata em Fátima, em 1946. Fez a Primeira Profissão em 1953, na Certosa di Pesio, Itália, e uns anos mais tarde (1956) a profissão perpétua, desta vez Turim. A ordenação diaconal foi em 1958, seguindo-se a ordenação sacerdotal, celebrada a 14 de março de 1959, em Turim. Ainda na Itália, foi assistente durante dois anos no Noviciado da Certosa di Pesio.
Do seu percurso pastoral e ministerial destacamos os 15 anos de missão (1960-1975) passados em Moçambique. Destinado a Portugal, foi superior e ecónomo na comunidade IMC de Fátima, tendo-se dedicado também à animação missionária e vocacional, até 1984, ano em que rumou a norte, à comunidade de Ermesinde, e anos mais tarde à Figueira da Foz, e novamente em Ermesinde, dedicando-se sempre à animação missionária. No ano 2000 esteve em Roma, para um curso de atualização. Voltou para Ermesinde, onde permaneceu até 2005. Já em Fátima, atendeu missionários idosos e doentes.
Em 2012, ainda cheio de entusiasmo missionário, aceitou ir para a Figueira da Foz, tendo servido as paróquias de Alqueidão, Lavos e Paião. Uma vez que os Missionários da Consolata renunciaram continuar com uma comunidade religiosa missionária naquela região, o padre Gaspar voltou no último trimestre de 2020 para comunidade de Fátima, tendo ali falecido nesta terça-feira, 23 de novembro, aos 87 anos.

 

TESTEMUNHOS
Dono de um sorriso contagiante, de um grande zelo apostólico e entusiasmo missionário, dele dizem que era um apaixonado pela vida sacerdotal e missionária, muito identificado com o carisma e a espiritualidade da Consolata; bom pregador, dedicava horas à oração e era um amante da Eucaristia. Estava sempre alegre, brincalhão, de bom humor.

 

Nota: Se conhecia ou simplesmente privou com o padre Gaspar, pode deixar aqui – caso queira – o seu testemunho, no espaço dos comentários ou em mensagem privada. Obrigado!

 

Dai-lhe, Senhor, o eterno descanso
Entre os esplendores da luz perpétua

2 Comentários

  • Aurora Soares diz:

    Convivi de perto com o Sr Padre Gaspar, durante a sua estadia em Ermesinde, foi o Sr Padre Gaspar que, celebrou a Eucaristia das minhas bodas de prata matrimoniais, dono de um sorriso, e, uma alegria contagiante.
    Que o Senhor o receba na sua eterna Glória.🙏❤️

  • Manuel Mendes Padre diz:

    Saúde, paz e bem, bons amigos da Consolata!

    Tendo conhecimento da páscoa do bom, amigo Sr. Padre António Gaspar, uma palavra simples de gratidão pelo bem que semeou na sua vida cheia; e também em Alqueidão, onde felizmente o conhecemos, pelos seus amáveis convites para celebrar a Eucaristia, a propósito das campanhas de bens alimentares para os gaiatos do Pai Américo.
    É um bom testemunho sacerdotal e vocacional de amor à Igreja. O seu sorriso de felicidade é o retrato que guardarei para sempre, com muita amizade.
    Sabemos que está em paz com Deus e sua Mãe.
    Bem-haja e um grande abraço em Cristo Jesus,

    Padre Manuel A,S. C. Mendes – da Diocese do Porto, ao serviço da Obra da Rua.

Deixe a sua opinião

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.