EnglishFrenchGermanItalianPortugueseSpanish

Leigos Missionários fazem compromisso na festa da Consolata

Cinco jovens, entre os 25 e os 35 anos, fizeram o compromisso de Leigos Missionários da Consolata ad vitam, na Quinta do Castelo, no Cacém, durante a Eucaristia em honra de Nossa Senhora da Consolata

Dia 20 de junho, dia de Nossa Senhora da Consolata, dia de festa, pois cinco membros dos Leigos Missionários da Consolata, Bruno Judas, Catarina Ciríaco, João Raposo, Iara e Gonçalo Magano, fizeram o seu compromisso pessoal, anunciando publicamente, na Eucaristia, a sua vontade de responder ao chamamento de Jesus Cristo para viver, de forma laical, o empenho batismal ao serviço da missão Ad Gentes, partilhando o carisma e os projetos com os Missionários da Consolata.

Apesar da limitação de pessoas presentes, devido ao contexto pandémico, a festa, que se fazia em anos passados, ficou pela Eucaristia. E foi muito bom, ou melhor ainda, porque nos convidou a procurar o essencial das nossas vidas. Na homilia, o Padre Ermanno, superior da casa, partilhava: «Creio que o mundo de hoje precisa de missionários que saibam escutar e partilhar em profundidade. Num mundo sedento de sentido que procura a felicidade e não sabe onde a procurar e encontrar, sermos alguém que se faz companheiro de caminho, hóspede e partilha o que nos ajuda a viver, dá sentido e horizonte à nossa vida.»

Para o João Raposo «ter oportunidade de fazer um compromisso para a vida, foi um momento especial! Depois de 11 anos na Consolata, deu para olhar para trás no meu percurso e entender o quão importante foi para mim este Instituto que me recebeu “menino” mas ajudou a tornar melhor homem e cristão com tudo o que tive oportunidade de beber de tanta gente que me formou pelo caminho!»

Para a Catarina Ciríaco, «fazer o compromisso publicamente foi para mim oficializar aquilo que tenho vivido nos últimos anos. Concretiza um chamamento que se foi traduzindo numa caminhada de mais de 12 anos nesta Família Missionária, que tanto contribuiu, e continua a contribuir, para a Catarina que hoje sou.»

Os restantes Missionários, padres, irmãos, irmãs e leigos, também renovaram os seus votos. Que Nossa Senhora da Consolata os ajude a perseverar na sua vocação!

Ana Isabel Nunes