Exposição missionária itinerante
19/09/2018
Integrada no Ano Missionário, exposição missionária itinerante vai ser inaugurada a 29 de setembro, em Guimarães. Seguem-se, depois, outras cidades do país

A Escola Francisco de Holanda, em Guimarães, vai ser o primeiro local a receber a exposição missionária itinerante «Pelos caminhos do mundo». Ali permanecerá durante 15 dias. A inauguração vai ser no dia 29 de setembro, pelas 11h. Seguem-se outras zonas do país.

Esta exposição decorre no âmbito do Ano Missionário (outubro 2018 a outubro 2019) proposto pela Conferência Episcopal e pretende “ser motivadora de dinamismos novos na Igreja católica”, diz a organização do evento num comunicado enviado às redações.

Há três momentos principais que caraterizam esta exposição:

Num primeiro bloco, um conjunto de roll-ups aponta para o Deus que «faz caminho com as pessoas».

Uma série de objetos, no segundo bloco, abre-se ao encontro de culturas e religiões.

O terceiro e último bloco é apresentado em forma de jogo, na aventura de correr os caminhos do mundo e da missão.

Quando em novembro próximo esta exposição estiver em Barcelos, integrará a figura de D. António Barroso, missionário em três continentes e antigo bispo do Porto, de quem se assinalam este ano 100 anos do seu falecimento.

Esta exposição missionária, de entrada livre, é uma iniciativa dos Institutos Missionários Ad Gentes, em parceria com entidades locais onde a mostra vai estar patente. No caso de Guimarães, a parceira acontece com o Agrupamento de Escolas Francisco de Holanda.

Albino Brás

cartaz