Campanha de apoio à reconstrução de casas e escolas destruídas pelo Idai
05/11/2019
Os Leigos Missionários da Consolata organizam uma Campanha de crowdfunding para apoiar na reconstrução de escolas e casas na cidade da Beira e província de Sofala, afetados pelo ciclone Idai

No dia 14 de março deste ano, o centro de Moçambique foi severamente afetado pelo ciclone Idai, que destruiu as mais básicas infraestruturas como hospitais, centros de saúde, escolas, edifícios públicos e grande parte das habitações das populações pobres e vulneráveis.

Estima-se que morreram mais de mil pessoas e cerca de 1,5 milhões foram afetadas pelo ciclone. Após este tempo de resposta à emergência, a reconstrução é lenta e necessita de apoio.

«O povo Moçambicano é resiliente. Ficou praticamente sem nada, tal foi o nível de destruição do ciclone Idai, mas arregaçam as mangas e tentam refazer a sua vida. Mas precisam de ajuda externa», refere o texto da iniciativa.

Neste momento, as aulas decorrem ou debaixo de árvores ou em salas sem telhados. Precisam de apoios especialmente para a reconstrução das infraestruturas que foram devastadas.

Assim sendo, os Leigos Missionários da Consolata (LMC), através da sua Associação AdGentes, lançam a campanha de crowdfunding (financiamento coletivo) com o nome “Ciclone Idai – Um novo telhado”, que pretende ajudar na aquisição de materiais de construção, tais como chapas de zinco para os telhados para apoiar na reconstrução dos edifícios. Os fundos obtidos serão encaminhados para a Diocese da Beira, que será responsável pela aquisição dos materiais e aplicação na reconstrução.

Os LMC informam que esta Campanha está disponível durante dois meses na plataforma do Novo Banco, e, além da contribuição, pedem também «apoio na sua divulgação».

Mas informações, no site da campanha