Anunciadores da Boa Nova do Natal
22/12/2017
Divulgamos a Mensagem de Natal do Superior Provincial dos Missionários da Consolata em Portugal

Notícias e mais notícias; estamos sedentos de notícias que dizem respeito à política nacional e internacional, à economia,  ao desporto, à crónica diária. Por isso procuramo-las lendo os jornais, assistindo aos noticiários da TV e através da internet.

Se por um lado sentimos a exigência de sermos sempre mais informados para assim podermos acompanhar os acontecimentos que marcam a nossa história e compreender melhor o que se está a passar ao nosso redor e também longe de nós, por outro, às vezes, ficamos dentro de nós com um sentimento de tristeza ao percebermos que a maior parte das notícias que nos são diariamente veiculadas pelos meios de comunicação social nos trazem uma enxurrada de informações negativas marcadas pela corrupção, desonestidade, desrespeito pela vida humana, tragédias familiares, guerras fratricidas que obrigam multidões a fugirem dos seus países, injustiças gritantes… e a ladainha poderia prolongar-se.

Diante de tudo isso, quantos já ouvimos desabafar e, quem sabe, até nós mesmos: “… violência e mais violência, desastres, impunidade…!”, “ Só notícias tristes e negativas”! “Sempre as mesmas coisas!”, “Não dá mais vontade de ver o telejornal ou ler o jornal!”

Talvez esteja a exagerar na dose, mas é um facto inegável que as notícias negativas prevalecem sobre aquelas que comunicam algo de bom, belo, e positivo, que animam e infundem esperança e nos impulsionam a nós e aos nossos irmãos a sermos melhores.

Na Noite Santa ouviremos proclamar em nossas igrejas as palavras do Profeta Isaías:
“O povo que andava nas trevas viu uma grande luz; para aqueles que habitavam nas sombras da morte uma luz começou a brilhar…Todo o calçado ruidoso da guerra e toda a veste manchada de sangue serão lançadas ao fogo e tornar-se-ão pasto das chamas. Porque um menino nasceu para nós, um filho nos foi dado”. Is.9

Esta é uma verdadeira notícia, ou melhor, a verdadeira grande notícia! Esta é a Boa Nova, o Evangelho que nós próprios e todos os homens e mulheres do nosso tempo precisam ouvir e conhecer. Foi-nos dado um Menino que é o próprio Deus que fez-se realmente homem; Aquele Menino é o próprio Deus, Aquele que criou o universo e a cada um de nós . Que espanto! Deus, o Criador do universo deitado numa manjedoura!
   
Infelizmente, ainda hoje, como ontem, o homem que confia em si, que é orgulhoso e que é cego no seu coração, não pode compreender o Mistério de Belém.

Somente se formos missionários que se deixam ainda encantar pela Boa Nova do Menino Deus deitado numa manjedoura, poderemos ajudar os homens e mulheres do nosso tempo, fortemente marcado pela superficialidade e indiferença, a abrirem os seus corações e acolherem a Graça de Deus que se manifestou na Noite Santa.

Sejamos anunciadores e arautos desta Boa Nova para todos os que encontramos no nosso ministério quotidiano, sobretudo os mais frágeis pobres e humildes.
 
Que a alegria nos nossos rostos, o calor da fraternidade em nossas comunidades e o testemunho de nossas vidas, coerente com a nossa vocação de Apóstolos do Senhor, sejam uma proclamação viva desta grande notícia: em Belém de Judá, Deus nasceu!
 
A todos os meus votos de um Feliz Natal

Padre Eugénio Butti