Liturgia do 4º Domingo da Páscoa – Ano B
22/04/2018
Qual é o teu projeto de vida?

Act 4, 8-12; 1 Jo 3, 1-2; Jo 10, 11-18

Conheço as minhas ovelhas e elas conhecem-me”. Não somos um número. Não somos fruto do acaso. Somos conhecidos e amados por Deus. Jesus é o Bom Pastor que conhece as suas ovelhas: conhece cada um de nós, ama-nos pessoalmente, guia-nos, vai à nossa procura quando nos afastamos dele, oferece a sua vida para que a nossa seja salva. Jesus – o missionário do Pai – não descansa enquanto toda a humanidade não fizer parte da sua família. Tenho ainda outras ovelhas que andam por aí desgarradas... Devo ir ter com elas para que entrem a fazer parte do único rebanho. “Que todos sejam uma só coisa...”. O seu é um coração apaixonado pela humanidade que deseja unir numa só família.

No tempo da minha meninice também eu fui pastor. Conhecia cada uma das minhas ovelhas. Chamava-as pelo seu próprio nome. Interessava-me por elas. Dava-lhes o melhor pasto e as águas mais limpas para que se regalassem e crescessem fortes e sadias. Penso que é isso mesmo, mas elevado ao infinito, o que Jesus, o Belo Pastor, faz connosco. Conhece e ama a cada um de nós e na sua imensa bondade dá-nos o alimento de cada dia. Mais ainda: oferece a sua vida pela salvação de todos. Também por aqueles que andam dispersos e ainda não fazem parte do seu rebanho. Também eu posso adquirir as atitudes deste Pastor: na missão de conduzir para a sua família aqueles que dele se afastaram

Hoje é dia mundial de oração pelas vocações de especial consagração. O que é a vocação? É responder a um chamamento, é entender qual o projeto de vida que Deus tem para mim, qual o meu lugar no grande mosaico da humanidade e na Igreja. É belo ter a consciência de que, como cristãos, somos parte essencial de um grande sonho de amor, e é maravilhoso poder contribuir para o realizar. Cada qual tem o seu caminho. É importante descobri-lo. Na vida há que fazer escolhas. Mas uma coisa é simplesmente ajudar os outros, outra coisa é deixar tudo e partir para partilhar com os mais pobres, em nome de Cristo, esperanças e sonhos. Qual é o teu projeto de vida? Haja pastores no mundo com a voz, a dedicação e o coração deste Pastor e a humanidade não se perderá.
Dá-nos, Senhor, pastores e missionários à tua imagem: que dediquem a sua vida ao anúncio do Evangelho e à construção de comunidades apostólicas.

Darci Vilarinho